Encontro Sintra – 20 Setembro 2014

0

Tudo começou quando estava a apreciar a ilustração que o Luís Moreira tinha feito para o encontro no Porto; mais um trabalho incrível a juntar aos outros que ele tão generosamente já tinha feito para Évora, Lisboa e Baião.

Comentei na altura, no Facebook, que uma ilustração com um dos monumentos de Sintra ia ficar brutal! Mal tinha feito o comentário recebo uma mensagem privada da Helena a desafiar-me! Não foi preciso muito para me convencer e no espaço de dois minutos ficou decidido que o próximo encontro seria na bonita Vila de Sintra!

O 5º encontro realizou-se então no dia 20 de Setembro de 2014. Começamos por nos encontrar em frente ao Palácio da Vila (que serviu de inspiração para a bonita ilustração que o Luís fez para este encontro) e enquanto esperávamos (e esperávamos e esperávamos e esperávamos) por alguns elementos do grupo que estavam “ligeiramente” atrasados íamos nos deliciando com as típicas queijadas de Sintra e os famosos travesseiros.

Quando finalmente o grupo todo se reuniu, dirigimo-nos até à Quinta da Regaleira. Esta Quinta é mais uma das muitas “joias” que podemos encontrar na bonita vila de Sintra e que, juntamente com toda a envolvência paisagística e riqueza patrimonial, fez com que estivessem reunidas as condições para que Sintra fosse considerada Património da Humanidade em 1992.

Uma vez na Quinta fizemos um percurso, no qual, no meio de uma vegetação luxuriante, íamos apreciando a arquitetura dos edifícios e descobrindo recantos, grutas e passagens secretas que culminam, muitas delas, no esotérico Poço Iniciático.

No final do passeio e já a tarde ia avançada rumámos todos até à aldeia de Fontanelas onde pudemos dar continuidade às festividades numa pequena casinha no meio do pinhal.

Como fiéis seguidores temos de cumprir os sagrados ensinamentos da DMB portanto quando o Dave diz “Eat, drink and be merry“, é o que a gente faz!! E assim se deu início à cerimónia!

Comida havia com fartura, que a Helena esmerou-se e preparou-nos um banquete de temática mexicana e nem o cornbread faltou!

E se o jantar é mexicano então temos de trajar a rigor! Neste caso bastou usarmos um bigodinho para o ambiente ficar criado! Calma! Não usamos SÓ o bigodinho! Estávamos vestidos. 😉

Atrás do balcão tínhamos a barmaid Verónica, que ao longo da noite foi-nos preparando deliciosos cocktails – com nomes escolhidos a dedo. E a banda sonora que nos acompanhou durante toda a noite adivinhem lá de que banda era? 😉

Entre conversas animadas e jogos divertidos, houve ainda tempo para ver quem ainda conservava alguma coordenação para acertar numa piñata– o que afinal não era tão fácil como julgávamos!

A noite continuou até de madrugada com uma sessão de “discoteque” improvisada e onde dançamos até cada um de nós ir cedendo ao cansaço.

No fim, tínhamos apenas uma baixa a apontar: o Galo de Barcelos… mas sabem? Parece que a lenda é real, e também desta vez o galo voltou à vida!

DMB connecting people <3

Texto por: Dulce Pedroso

Share.

About Author

Grupo de fãs português

Leave A Reply