Quem Somos

O percurso nisto de gostar da Dave Matthews Band começou para cada um de sua maneira. Há quem tenha ouvido na rádio a primeira vez, há quem tenha ouvido através de um primo ou de um amigo, mas para a DMB Portugal isso não é relevante. A DMB Portugal começou com um fórum! Numa altura em que as redes sociais se resumiam a fóruns de discussão, com base no que acontecia no antsmarching.org, também o Henrique teve a ideia de criar um fórum onde se pudessem reunir os fãs da Dave Matthews Band em português de Portugal.

Podíamos dizer que foi no longínquo ano de 2007, porque já parece que foi há uma eternidade, mas o que lá se construiu continua vivo nas nossas vidas, apesar não frequentarmos mais o fórum… Reconhecemo-lo como casa, como porto de abrigo. Apenas, mais um sinais dos tempos e das redes sociais.

O fórum foi divulgado, pouco, as pessoas começaram a chegar sob a forma de nicknames e começamos a tirar tempo dos nossos dias para comentarmos aquela música, aquele concerto, mostrarmos as fotos, discutirmos os aspectos da banda que ali não nos pareciam fora do normal. Há alturas em que o apenas gostar de alguma coisa não é suficiente, é preciso analisar tudo com uma precisão tal, que um músico profissional ficaria invejoso.

Começamos assim a criar laços virtuais de amizade.

Em 2012, por ocasião do 5º aniversário do fórum, escreve assim a dulce:

Comecei a ouvir a banda mais ou menos na altura em que saiu o Crash. Lembro-me de ficar encantada com a maneira como o Dave cantava e completamente fascinada com a riqueza das músicas e das letras…
Entretanto em 2007 fui ao concerto no Pavilhão Atlântico e foi uma experiência absolutamente arrebatadora. Fui para casa pesquisar tudo o que ainda não sabia sobre a banda e comecei a comprar o que ainda não tinha (ui e ainda me falta tanto).
Em Janeiro de 2008, por acaso, descubro o fórum e fiquei super excitada por finalmente encontrar outras pessoas que partilhavam a mesma paixão e com as quais podia trocar impressões e parvoíces… Na altura ainda havia tanto para partilhar, tanto para dissecar sobre cada música e cada álbum. Lembro-me de ler os comentários do crushman e do #41 com toda a atenção, de me rir com os comentários do edu e da adhara, de me irritar com alguns comentários do fretless que me parecia sempre tão mal humorado, de gostar de ler os comentários da tamia, da scatterbrain, do Pedro81, do unknownone, do greystreet… enfim foram bons tempos, em que mesmo de forma anónima nos divertimos bastante. Agora passados 5 anos, tornámo-nos amigos e tem sido um verdadeiro prazer conhecer-vos a vocês e conhecer outros fãs que a nós se têm juntado. Eu sei que o tempo inevitavelmente traz mudanças e sei que a mística do fórum de outros tempos não volta e tenho pena.
Mas hoje é dia de celebrarmos a música e a amizade !
Um bem hajam a todos e Feliz Aniversário para nós.
O fórum tinha uma mística que nos moldou, continuamos todos ligados lá, voltamos lá de vez em quando, quando nos queremos recordar de como tudo começou. Após o concerto de 2007 houve uma tentativa de encontro, no concerto de uma banda de tributo no Casino de Lisboa. Tentativa, na qual um grupo pequeno se conhece e partilham um momento em que a música esteve por detrás de tudo.

O primeiro encontro é apenas no dia do concerto no Optimus Alive em 2009, na manhã e tarde do dia do concerto da banda no Optimus Alive. Foi uma invasão ao MacDonalds perto do recinto que nos marcou, que nos mostrou as caras já conhecidas e que nos podemos abraçar pela primeira vez. Estávamos ali, com algumas vitórias, estávamos ali para aproveitar o concerto juntos. Leroi tinha morrido há pouco tempo e conseguimos fazer a faixa, conseguimos fazer t-shirts e conhecer o Dave. O meet and greet foi um momento inesquecível. Conseguimos ali estar com o Dave, dar-lhe abraços, beijinhos e oferecer umas prendas. Depois o êxtase! Tínhamos conseguido! Nem queríamos acreditar, mas tal aconteceu.

O segundo concerto em Portugal trouxe-nos a união. Trouxe-nos o espírito de esforço e trabalho para um bem comum, sem levar a paz ao mundo, mas mostrando que se gostarmos de alguma coisa, conseguiremos mais que aquilo a que nos propusemos e mostrar a união vinda dos quatro cantos do país.

Têm sido uns tempos interessantes para todos, mas alguns anos depois o que queremos, apenas isso, é levar a Dave Matthews Band ao maior número de pessoas possível. Mostrar quão fantástica é a “nossa” banda. Mostrar-nos? Não, ficarmos assim, nas bancadas, quais Mourinhos, sendo os special ones, apenas fazendo o que o nosso coração manda: “Celebrate we will cause life is short but sweet for certain”.